sábado, 31 de maio de 2008

Gamei no Gamar

Foto por Paula Camily

Gamar é verbo ora transitivo indireto ora intransitivo que, segundo o dicionário, pode ser traduzido como paixão ou encantamento. Popularmente falando, é ficar louco, alucinado, com os quatro pneus arriados. Pouca gente sabe, porém, é que mais que um verbo formado por cinco letras, gamar tem também um sentido que se refere à transformação.
.
Gamar é a sigla para Grupo de Arte Maria Aragão, que nasceu há sete anos no bairro da Cidade Operária. Atualmente o grupo é composto por trinta e cinco pessoas com faixa etária entre dois e vinte e cinco anos, que trabalham a arte como forma de transformação de uma difícil realidade.
.
O idealizador do grupo, Wilson Chagas, na época professor de Educação Artística da escola Unidade Integrada Maria José Aragão, conta que, em suas aulas, começou a perceber que os estudantes tinham verdadeira aversão à disciplina que ensinava, além de uma grande dificuldade de leitura.
.
Percebido tal problema, uma alternativa encontrada foi a de trabalhar a interdisciplinaridade. E assim, a sintonia causada pelo trabalho conjunto entre as disciplinas de Arte, Língua Portuguesa e História permitiu aos estudantes compreensão, contextualização e interpretação de situações diversas. Nascia então o primeiro recital de poesia da escola, o Palavras ao Vento.
.
As crianças se envolveram de tal forma na atividade que foram convidadas a mostrar seu trabalho em um evento acadêmico de Letras, sendo em 19 de abril de 2001 a primeira apresentação oficial do grupo. “Foi muito tocante saber que muitas daquelas crianças nunca haviam sequer passado da ponte do São Francisco. Durante o trajeto que fizemos no ônibus, olhando a reação delas e ouvindo seus comentários, percebi o quanto elas haviam aprendido com aquela experiência.” Conta Wilson.
.
Notou-se então a necessidade de dar uma identidade aos que haviam se destacado naquela atividade, o que viria a originar o Gamar. Wilson conta que no início houve muita dificuldade em continuar aquele trabalho, uma vez que, a própria administração da escola caracterizava como tumulto o projeto.
.
Após sua implementação, verificou-se que a mudança na dinâmica da escola se dava de forma positiva, uma vez que serviu para despertar talentos e, mais ainda, pelo alcance que havia ganhado. Assim, o que teve início com um recital virou um Festival de Poesia, o Poemar, que este ano vai para sua oitava edição.
.
Em 2003 o Gamar chegou a ganhar todos os prêmios do Festival Maranhense de Teatro Estudantil com o espetáculo Sonho de uma noite de verão, de Willian Shakespeare. Hoje, o grupo domina técnicas de circo, teatro e dança e apresenta espetáculos como Receita para se obter uma boa mãe, com palhaços pequeninos e lindas bailarinas e suas roupas coloridas; Baião de Dois, com dança do côco e outros ritmos regionais; O desejo de Catirina e um dos destaques, a quadrilha teatralizada, onde a ausência da fala é suprida pela construção cênica do ato do casamento e ainda .
.
Wilson conta que gostaria que o Gamar pudesse acolher outros tantos integrantes, mas que dificuldades de ordem financeira e estrutural impedem que isso seja feito. Gastos com figurino, transporte e alimentação dos participantes em dias de espetáculo são pagos com sua renda pessoal. Tais limitações têm impedido o sonho e a necessidade de profissionalização do grupo, que utiliza o salão paroquial da Igreja São João Calábria para montar seus espetáculos.
.
Mais que uma atividade de voluntariado, o trabalho desenvolvido pelo Gamar é de transformação social, uma vez que tem feito despertar uma cultura de troca de experiências e possibilitado, por meio da arte, a construção de uma nova e positiva identidade cultural para o bairro da Cidade Operária, tão marcado por seus inúmeros problemas sociais.
.
Desta forma, acredito que um significado para Gamar esteja além das palavras encontradas nos dicionários. Aqueles sinônimos são poucos quando o que se quer expressar são, na verdade, sentimentos. Sentimentos esses tão evidentes no brilho dos olhos, nas expressões corporais e nas palavras daqueles que compõem o grupo e que são orgulhosos de seu trabalho. Sendo assim, fico com a definição que o grupo leva como lema, a que diz que “Gamar é arte e amor em excesso”.

11 comentários:

Dama de Cinzas disse...

Seu blog é sempre um passeio pela cultura. De uma forma bela!

Beijos

Davi Gentilli disse...

atrasozinho estratégico no blog, heim... "dar um passo para trás para depois dar dois para frente"
Camilinha sempre pronta para revolucionar, até no próprio blog. Um texto diferente, mas nem por isso menor.

Parabéns, Camilinha! Parabéns para o Gamar também, ótimo trabalho!

Mary West disse...

Nossa! Realmente bom saber q aki na nossa cidade existe esse tipo de atitude. Nobreza nunca é demais e devemos mesmo proteger e auxiliar uns aos outros. ;)

Beto Corpin disse...

Huhu, Camila!
Huhu, Wilson!
Huhu, crianças!
Huhu, pra arte de gamar!

Bianca Rieth disse...

São atitudes como este projeto que eu ainda acredito que se possa fazer o melhor, mesmo em dimensões pequenas e que podem transformar em uma grandeza sem tamanho, seja no significado ou na transformação dos indivíduos. Aqui na cidade onde eu moro, existe um projeto chamado “Canta Brasil”, ele também foi desenvolvido a partir de um colégio o Bento Gonçalves (que fica numas das regiões dita como violenta) que visa à inclusão a partir da arte e um futuro melhor.
Acredito que, a partir desses ideais, unindo escola e arte em geral e também o esporte podemos mudar muita coisa, nem que seja a nossa própria comunidade.
Parabéns pelo texto, você me emociona sempre, gostaria de ter a oportunidade de conhecê-la.

Beijos

vinicios k. ribeiro disse...

camilinha!

estive ausente na blogosfera, e quando volto insurreto deparo-me com essa maravilha? gamei no gamar.
isso que precisamos no cotidiano, leveza, beleza, lirismi...brincadeiras de circo, teatro. Contudo, nos esbarramos em tantos entraves,mas vejo nessas atitudes um potencial de liberdade, de transformação, vidas que após este contato, que narraste tão bem, fruitificarão intensamente.

grande beijo!!!

Annelize Tozetto disse...

Camilinha, eu nunca me arrependo de escapar dos meus afazeres para dar uma espiadinha no seu blog. Porque... de espiadinha, ela se torna um vício. Um vício que vira paixão. E a paixão que me faz GAMAR nesses teus textos e nessas tuas histórias.
VOcê consegue trazer a humanidade pra comunicação. E, nossa, como precisamos disso em?
São pessoas como você que fazem a diferença desses grupos. Ah se todos ajudassem nessa dinâmica.
E nem é a revolução de escrever diferente. É o simples "senta que lá vem história" que nós tanto precisamos e que tem sido deixado de lado...
ai,ai.

Beijos

gato de Schrödinger disse...

Olha, cara, é sério. Vou parar de vir aqui. Porque este Gato não suporta mais vir aqui e ficar com essa sensação de embasbacamento todas as vezes, sentimento de pura agradável surpresa. Não quero que este se torne um sentimento banal.

Mas, enfim, passando por cima do desejo acima, tenho umas poucas linhas de comentários a tecer: primeiro, gostaria de ressaltar meu apreço e admiração por pessoas como este sr. Wilson; pessoas como essa são raras fontes de luz nesse mundo de trevas, capazes de levar esta luz a lugares inimagináveis e fazer brotar novos sonhos e novas esperanças no coração dos que os cercam.

Em segundo lugar, fiquei com vontade de conhecer esse GAMAR. Queria, num primeiro momento, assistir a uma dessas peças, como faço pra saber onde e quando elas estarão em cartaz? Em seguida, queria conhecer pessoalmente essas pessoas, o sr. Wilson e cia., e quem sabe trazer muito coisa boa na bagagem de volta.

Beijo, moça. Até a próxima.

Stephanir Araújo disse...

Saber que eu já fiz parte desse grupo maravilhoso eh um orgulho pra mim,pois o GAMAR me ensinou muitas coisas nessa vida...saber tbm q eu fiz parte da 1ª apresentação do GAMAR oficial..aff..foi mto bomm....
participei tbm do espetáculo Sonho de Uma Noite de Verão do qual ganhamos...4 troféis...(melhor diretor,melhor cenário,melhor figurino,melhor espetáculo)..praticamente quase todos os troféis..rsrs...
por isso...eu amo o GAMAR...e o nosso eterno diretor e professor WILSON CHAGAS..."O PAI DO GAMAR".

Fefe disse...

Olá!!!
Sou o Professor Wilson Chagas, criador e coordenador do GAMAR. Obrigado pelas palavras de elogio e de incentivo. Coloco-me a disposição pra um bate papo sobe o Grupo. Venham nos visitar.
Abraços.

李小龍Paul disse...

That's actually really cool!亂倫,戀愛ING,免費視訊聊天,視訊聊天,成人短片,美女交友,美女遊戲,18禁,
三級片,後宮電影院,85cc,免費影片,線上遊戲,色情遊戲,日本a片,美女,成人圖片區,avdvd,色情遊戲,情色貼圖,女優,偷拍,情色視訊,愛情小說,85cc成人片,成人貼圖站,成人論壇,080聊天室,080苗栗人聊天室,免費a片,視訊美女,視訊做愛,免費視訊,伊莉討論區,sogo論壇,台灣論壇,plus論壇,維克斯論壇,情色論壇,性感影片,正妹,走光,色遊戲,情色自拍,kk俱樂部,好玩遊戲,免費遊戲,貼圖區,好玩遊戲區,中部人聊天室,情色視訊聊天室,聊天室ut,成人遊戲,免費成人影片,成人光碟,情色遊戲,情色a片,情色網,成人圖片區

 
Copyright 2009 zine colorido
Convert By NewBloggerTemplates Wordpress by Wpthemesfree